Mensagens

Com a família numerosa europeia do ano

Imagem
WWW.JULIA.PT    01.05.2018


Respeito. Olhei Inês com respeito durante toda a produção. Ao anoitecer, recebi uma mensagem dela. Inês tinha-se apercebido do meu desconforto em envolver os seus quatro filhos, em especial o Pedro, nesta sessão fotográfica para o Dia da Mãe. Inês escreveu a dizer que os filhos tinham adorado a tarde com a Júlia. E que o Pedro estava super bem-disposto e tranquilo. Atenuei a aflição. Ficou só… o respeito pela generosidade e coragem desta família. A Família Numerosa Europeia do Ano!

Inês e Gonçalo são os pais de Gonçalo, 9 anos, Francisco, 8 anos, Pedro, 5 anos e Leonor, 2 anos. O Pedro nasceu com uma doença genética rara e incapacitante, o que levou Inês a abandonar o seu trabalho para se tornar cuidadora informal. Um estatuto que existe. E ao mesmo tempo não existe (já lá vamos…).
A Confederação Europeia das Famílias Numerosas diz que a Europa “precisa dos valores que se vivem numa família numerosa: a generosidade, a solidariedade, a coragem, a compreensão”…

CONVITE :: RETIRO DE CASAIS

Imagem
CONVITE
RETIRO CASAIS Meditando nas catequeses de S. João Paulo II sobre o amor humano no plano divino.  O retiro começa sexta-feira, dia 8 de Junho pelas 21h, a seguir ao jantar e termina domingo, dia 10 de Junho pelas 14h30, a seguir ao almoço e decorrerá no hotel seminário Torre D’Aguilha em São Domingos de Rana, Lisboa. Será pregado pelo Pe. Miguel Pereira, actual pároco da paróquia de S. Pedro de Alcântara em Lisboa e foi o responsável pela compilação e tradução das catequeses do Papa João Paulo II sobre a que vem a ser chamada de Teologia do Corpo.  Aceitam-se inscrições até 31 de Maio AQUI
A Antropologia de João Paulo II A Teologia do Corpo é o conjunto de ensinamentos de João Paulo II sobre o amor humano, nos quais se incluem as catequeses que proferiu durante os primeiros 5 anos do seu pontificado. Trata-se de uma visão antropológica desenvolvida pelo Beato João Paulo II durante muitos anos de trabalho pastoral com famílias e casais, e é o resultado do entendimento que ele teve d…

A nova Missa

Imagem
José Maria C.S. André   20.05.2018
Correio dos Açores, Verdadeiro Olhar, ABC Portuguese Canadian Newspaper, Spe Deus, Clarim, O Alcoa, Notícias da Covilhã, O Progresso



O Papa Francisco decidiu que, a partir da próxima segunda-feira (21 Maio de 2018), a Missa do dia seguinte à festa de Pentecostes passará a ser a memória litúrgica de «Maria, Mãe da Igreja». Esta novidade acontecerá em todas as paróquias do mundo, culminando um itinerário de séculos. Quando se reconstruiu a basílica de São Pedro, com a forma que hoje lhe conhecemos, parte de uma coluna da primitiva basílica do século IV foi integrada na nova construção. A razão é que estava pintada nessa coluna uma imagem de Jesus com Nossa Senhora. A antiquíssima pintura foi emoldurada em maravilhosos embutidos de pedras coloridas, formando uma capela dedicada a Maria «Mãe da Igreja». Nas últimas décadas, a oração pela Igreja tornou-se cada vez mais urgente e Paulo VI, contra a opinião de muitos conselheiros, surpreendeu o mundo ao pro…

"Não faz mal, este mês tomas tu os comprimidos. Para o próximo mês tomo eu."

Imagem
PATRÍCIA REIS    www.sapo24.pt     10.05.2018
São quase 2,4 milhões de pessoas em risco de pobreza, assim o atesta o Inquérito às Condições de Vida realizado pelo Instituto Nacional de Estatística. Menos 196 mil pessoas que em 2016. Eu nunca gostei de números por não terem, na minha opinião, sensações, caras, olhares. São uma espécie de coro de vozes, mas vozes invisíveis.
O ditado diz que olhos que não vêem, coração que não sofre, e a estatística toma esta verdade por boa, quase que nos protege de entendermos a realidade. Este número - 2,4 milhões - é esmagador e inadmissível e conta histórias reais. Deste número, 18,8% refere-se a crianças ou jovens, menores. Quantos são? 451 mil, diz quem sabe de números. Quase meio milhão de menores que vivem sem o básico. Ninguém se pode orgulhar destes números e tão pouco das histórias envolvidas: pessoas que não conseguem emprego, que perderam o emprego, que abdicaram dos estudos para ajudar os agregados familiares. Sim, Mário Centeno diz-nos to…

Papa Francisco no dia mundial das Comunicações Sociais

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO
PARA O LII DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS

Tema: «"A verdade vos tornará livres” (Jo 8, 32). 
Fake news e jornalismo de paz»
[13 de maio de 2018]
Queridos irmãos e irmãs! No projeto de Deus, a comunicação humana é uma modalidade essencial para viver a comunhão. Imagem e semelhança do Criador, o ser humano é capaz de expressar e compartilhar o verdadeiro, o bom e o belo. É capaz de narrar a sua própria experiência e o mundo, construindo assim a memória e a compreensão dos acontecimentos. Mas, se orgulhosamente seguir o seu egoísmo, o homem pode usar de modo distorcido a própria faculdade de comunicar, como o atestam, já nos primórdios, os episódios bíblicos dos irmãos Caim e Abel e da Torre de Babel (cf. Gn 4, 1-16; 11, 1-9). Sintoma típico de tal distorção é a alteração da verdade, tanto no plano individual como no coletivo. Se, pelo contrário, se mantiver fiel ao projeto de Deus, a comunicação torna-se lugar para exprimir a própria responsabilidade na …

Um crucifixo não é decoração

Imagem
JOSÉ LUÍS NUNES MARTINS     09.05.2018        AGÊNCIA ECCLESIA
Há pouco tempo, na Alemanha, o primeiro-ministro da Baviera resolveu colocar crucifixos em todos os edifícios públicos da sua região. Os bispos alemães logo se mostraram contra a medida, uma vez que se tratava de aproveitamento político, uma instrumentalização que, mais importante ainda, se tornou motivo de divisão, colocando as pessoas umas contra as outras. . No passado dia 10 de maio, em Nova Iorque, foi aberta ao público uma exposição no MET (Metropolitan Museum of Art) cujo título é “Corpos Celestiais: Moda e a Imaginação Católica”, que pretende conjugar a moda com a fé católica. A ideia inicial contou com o apoio do Vaticano, que cedeu mais de 40 peças. No entanto, na gala de inauguração, as indumentárias dos convidados fizeram perceber a todos que a fé católica, naquele contexto específico, é apenas um tema sobre o qual cada um pode fazer o que quiser, em nome da criatividade da moda. . O desrespeito foi mais do que ev…

Bispo do Porto. Eutanásia pode representar "terrível abaixamento do barómetro moral da sociedade"

Imagem
RR ONLINE      09.05.2018   
D. Manuel Linda revelou uma nota de reflexão face a processo legislativo em curso sobre a morte assistida, alertando para "consequências que podem ser dramáticas".

O bispo do Porto, D. Manuel Linda, alerta para o perigo da eutanásia poder representar "um terrivel abaixamento do barómetro moral da sociedade com consequências que podem ser dramáticas". Num encontro com jornalistas, a propósito do Dia Mundial das Comunicações Sociais que se celebra domingo, D. Manuel Linda quis revelar a sua reflexão face a processo legislativo em curso sobre a morte assistida, um "pequeno contributo para um diálogo cultural sério",. D. Manuel Linda defende que a criação da legislação sobre a eutanásia pode enfraquecer a sociedade, porque "a eutanásia representa um terrível abaixamento do 'tónus' moral da sociedade, com consequências que, a médio prazo, podem ser dramáticas”. "O que mais deveria preocupar os dirigentes sociais é …

EUTANÁSIA: Direito a morrer ou direito a matar?

Imagem
Um argumento contra a eutanásia
Celebrity is our religion. Celebrities are our gurus, teaching us what to wear, what to buy, how to look and, now, what to think. They front campaigns for human rights and animal rights; they advocate for babies in war-torn countries. Now we even have the celebrity endorsement of euthanasia. Apparently Andrew Denton is an expert after eight months of research – less time than it takes to get a sommelier diploma from TAFE. Eight months, he repeats, as if this is extraordinary, as if this country is not full of people on both sides of the debate who have spent decades seriously considering the complex issues around euthanasia. We’re both appearing on a TV show, for what he tells me backstage will be a “friendly discussion”. “I’m very nervous,” he says to me, the one with the dry mouth and sweaty palms, graciously adding, “I think you write like a dream.” On air, Denton declares that it’s time doctors started listening to their patients, all the while inter…