Mensagens

"Existe hoje um maior número de pessoas mornas"

Imagem
SAPO 24    ISABEL TAVARES   18.01.2018
MARIA SALOMÉ PAIS: A MULHER QUE DIRIGE A ACADEMIA DAS CIÊNCIAS: ENTREVISTA

Tem 79 anos e uma energia contagiante. O pai morreu quando tinha apenas cinco e um tio materno deixou-lhe uma marca indelével: “Nos dias maus, mesmo naqueles em que nada parece correr bem, há sempre alguma coisa positiva. Nunca te esqueças de a encontrar e de a valorizar”, disse-lhe uma vez. Faz isso até hoje.

Quando era pequena, Maria Salomé Pais partiu a cabeça cinco vezes por trepar às árvores para proteger ninhos. No seu ano, para o seu curso, entraram na faculdade 60 alunos. No fim, tudo direitinho, formaram-se nove, dos quais duas raparigas. Estava-se em 1962. Mais tarde doutorou-se em Biologia Celular e ainda se lembra das reuniões em que participava também Manuel Sobrinho Simões, ela na área das plantas, ele na área humana.
Considera o regime de quotas um disparate e também não se imagina sem carreira ou sem família. Tudo é conciliável. É há sete anos secretária-ge…

Non prævalebunt

Imagem
JOSÉ MARIA C.S. ANDRÉ     14.01.2018
Correio dos Açores, Verdadeiro Olhar, ABC Portuguese Canadian Newspaper, Spe Deus, Clarim, O Alcoa, Notícias da Covilhã, 14-I- 2018 Desde 1861, o «L’Osservatore Romano», jornal oficioso da Santa Sé, publica todos os dias esta frase no cimo da primeira página. Poucos jornais se mantêm ao cabo de quase dois séculos e talvez nenhum conserve o cabeçalho do primeiro ano, mas esta frase ainda é mais recordista de fundo, porque já tem dois mil anos. Um dia, Jesus disse-a a um pescador da Galileia: «Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela» (Mateus 16, 18). Em latim, «...et portæ inferi non prævalebunt». No século XIX, quando a Igreja era atacada por todos os lados e parecia condenada por forças mais poderosas, o «non prævalebunt» (não hão-de vencer) soava como um grito de confiança em que Deus acabaria por defender a sua Igreja. A barca de Pedro, sacudida pelas vagas, quase a afundar-se, re…

Frustrações

Imagem
Pe. RODRIGO LYNCE DE FARIA  19.01.2018
As pessoas, em geral, sentem-se frustradas por duas razões. A primeira é por não conseguirem atingir o fim que se tinham proposto. Tentaram, esforçaram-se, esmifraram-se, mas não chegaram lá. Isto causa decepção e desilusão – sinónimos de frustração. A segunda é por conseguirem atingir o fim que se tinham proposto. Tentaram, lutaram, perderam, venceram, mas, no final, chegaram lá. Alcançaram o objectivo cheios de alegria e esperança. Então, porque surge a frustração? Porque, ao atingirem esse fim, compreendem que ele não vale tanto quanto esperavam. Ou, pelo menos, não possui aquele valor absoluto com o qual tinham sonhado. É uma decepção diferente – mas não deixa de o ser! Exemplos deste segundo tipo de desilusão: no dia em que acabar o meu curso, aí sim, serei plenamente feliz. No dia em que me casar. No dia em que tiver um aumento de salário. No dia em que receber um prémio especial. Porque é que nunca seremos plenamente felizes aqui na Terra? Porque …

Viver positivamente a doença

Imagem

Uma forma especial de coragem

Imagem
POVO 12.01.2018
"Hoje é preciso uma forma especial de coragem, diferente daquela que é necessária no campo de batalha, uma coragem que nos faz erguer por tudo o que consideramos ser correcto. Tudo o que é verdadeiro e honesto. Um tipo de coragem que pode fazer frente à subtil corrupção dos cínicos, para mostrar ao mundo que não temos medo do futuro"
Rainha Isabel II de Inglaterra (na mensagem de Natal de 1957)

Impressionou-me a actualidade  e pertinência desta mensagem com 60 anos, tendo em conta que acabámos 2017, o ano dos incêndios, em escândalos políticos, e começamos 2018 com um veto presidencial.
Por isso é bom começar o ano conscientes do que é preciso: "a coragem para afirmar tudo o que é verdadeiro e honesto" e "mostrar que não temos medo do futuro". 
Para o fazer basta saber que Jesus nasceu, que o Natal de Jesus é mesmo para todos, sem excluir ninguém, por isso não há nada nem ninguém a que se possa chamar 'Sem Natal'.


POSTS do ÚLTIMO MÊS:
Ele…

Faith's Night Out 2018

Imagem
As Equipas de Jovens de Nossa Senhora organizam há 5 anos uma sessão de 12 conferências de 7 minutos.  A Edição deste ano acontece no dia 17 de Fevereiro no Centro de Congressos de Lisboa e já têm os bilhetes à venda AQUI.


Mais informações em http://www.faithsnightout.com/.




Eleições no PSD: PPD vs PS2

Imagem
JOSÉ MARIA SEABRA DUQUE     WWW.NOSOSPOUCOS.BLOGPSPOT.COM       10.01.2018

O PSD vai a votos. E vai a votos depois da demissão de Pedro Passos Coelho, o homem que liderou o país durante uma crise dramática, que com firmeza conseguiu tirar o país do buraco em que os socialistas nos colocaram, que mesmo depois de tomar medidas necessárias mas duríssimas, ganhou as eleições legislativas e que, ao fim de dois anos na oposição, é levado à demissão por um resultado menos bom nas autárquicas.
E começo por falar de Pedro Passos Coelho, porque me parece que para se perceber bem a importância das eleições do PSD é preciso perceber com clareza como é que lá se chegou.
Porque a verdade é que PPC devia ser um herói do seu partido e afinal acaba a ser empurrado pela porta pequena. Empurrado por quem? Pelas mesmas pessoas que durante quatro anos disseram que tudo o que governo fazia estava mal feito, pelos mesmos que diziam que íamos ter um segundo resgate, pelos mesmos que menosprezaram todos as subid…