Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2002

É o papa, gente!

ANTONIO MARCHIONNI Especial para o Estado (Julho de 2002)
O escritor Mario Prata viu o papa na televisão e viu que "ele estava babando". Ficou incomodado, segundo sua coluna de 26/6/2002 neste jornal, com o título "E o papa, gente?". O nosso escritor lança um grito cardíaco aos cardeais e ao povo cristão: pelo amor de Deus, tirem esta figura com mal de Alzheimer de nossos olhos, comprem para "o polonês" uma casinha numa montanha da Polônia, aposentem esse papa "caduco", que "atrasou a Igreja em pelo menos um século", ponham no lugar dele um belo exemplar de papa "jovem, vigoroso, esperto".
Ao ler o Mario com tanto dó do papa, tive dó do Prata. E sim, porque me perguntei: o que Mario Prata teria escrito, se tivesse visto na televisão Jesus Cristo pendurado na cruz? Jesus na cruz deve ter babado e muito mais.
Isto não impediu que o centurião (um militar, pensem!) exclamasse que Ele era mesmo o Filho de Deus, enquanto os escribas…