quinta-feira, 12 de fevereiro de 2004

A mensagem número 1000

Pedro Aguiar Pinto
Jornal das Boas Notícias, 14 , 12-Fev-2004

Este Jornal segue “agarrado” à milésima mensagem do Povo.

O Povo começou como resposta a uma recomendação do nosso pároco na missa de um Domingo de Fevereiro de 2000.
O papa ia iniciar a sua vista aos lugares santos e o Padre João recomendou-nos que procurássemos acompanhar a visita do papa com atenção.
Como a cobertura que a nossa televisão e, mesmo os jornais, dão sobre estas notícias é reduzida e muitas vezes parcial, surgiu a ideia de fazer um pequeno jornal que diariamente acompanhasse os passos do Papa na Terra Santa. Este jornal começou com a carta do papa sobre a peregrinação aos lugares santos e, em cada dia, juntava notícias de várias fontes de informação nacionais e estrangeiras.
Quando a peregrinação terminou, o envio de artigos que pudessem ser de ajuda continuou: às segundas-feiras, os artigos do João César das Neves e, por vezes, e artigos de jornais diários ou semanários onde escrevem alguns jornalistas e comentadores com opiniões que resistem ao niilismo dominante (Mário Pinto, João Carlos Espada, António Pinto Leite, António Barreto, Henrique Monteiro, António José Saraiva), a que se juntam ocasionalmente outros que ajudam a formar um juízo sério e empenhado sobre o que se passa à nossa volta.
Manter uma lista de e-mail actualizada é uma tarefa complexa e sempre inacabada.
Por isso, a 17 de Abril de 2001, o Povo passou a residir num grupo de e-mail que pode ser acedido de qualquer computador com ligação à Internet, o que significa que a lista de endereços reside num único servidor, continua a ser confidencial e a sua actualização é da responsabilidade individual de cada membro. Os elementos do grupo podem a qualquer momento deixar de o ser e quem quiser pode submeter a sua inscrição à aprovação do moderador do grupo.
O grupo mantém uma lista das mensagens enviadas em: http://groups.yahoo.com/group/Povo_, bem como um arquivo dos textos mais importantes e que podem ser acedidos por todos os elementos que se inscrevam como membros, seguindo um procedimento de inscrição relativamente simples.
O que começou como uma iniciativa descomprometida e esporádica tem sido até hoje uma actividade  relativamente regular e já chega a muita gente. O pedido de inscrição pode ser feito no endereço web do grupo que é: http://groups.yahoo.com/group/Povo_/join
Ao longo destes quase três anos, o Povo cresceu (hoje somos quase 1800), o n.º de mensagens tem crescido e o o tipo de mensagem mais frequente também mudou.
Hoje, uma percentagem muito significativa das mensagens diz respeito a avisos de actividades diversas que podem ser do interesse geral e que têm dificuldade em ser divulgadas de outra forma.
Por isso, é minha intenção, desde há algum tempo, mas sempre adiada por dificuldade prática de concretização, reservar para O Jornal das Boas Notícias, as notícias e comentários intemporais – ao contrário da “notícia” dos jornais e noticiários, a boa notícia permanece – e usar as mensagens do Povo sobretudo para esta nova utilidade que não tinha sido prevista e que foi sendo revelada no tempo: veículo de aviso de actividades que irão decorrer.
O Povo está largamente concentrado na região de Lisboa, pelo que, frequentemente, alguns leitores de outras áreas se queixam da ausência de divulgação de actividades nas suas regiões. Isso só acontecerá na medida em que o Povo seja divulgado localmente e que me enviem anúncio oportuno de actividades locais.
Por isso, peço a todos os amigos do Povo que o divulguem, propondo novos membros para o Povo quer sugerindo que se inscrevam em: http://groups.yahoo.com/group/Povo_/join quer, enviando (papinto@hotmail.com) o nome e endereço dos amigos que gostariam de inscrever no Povo.
Finalmente, agradeço a todos a paciência e fidelidade com que têm permanecido no Povo e peço a vossa colaboração sempre que a achem útil ou necessária, de modo a que o Povo possa continuar a ser um elo de ligação entre pessoas singulares que têm em comum aquela característica que as faz um Povo: unidade na vontade de caminharem em conjunto para um destino comum.

Jornal das Boas Notícias, 14