19 de Março, dia de S. José


Um pai não educa porque já sabe mas porque também está a caminho. 

Pe. Duarte da Cunha



Interrompo o meu 'silêncio quaresmal' no dia do Pai. 
Neste primeiro ano sem o meu, preparei um presente de dia do pai, que gostava de vos dar a conhecer.

Como muitos saberão, o pai (Pedro Aguiar Pinto) fez uma primeira peregrinação a Fátima em 1996 e desde aí nunca mais deixou de fazer uma peregrinação anual, até 2016, quando o Senhor o chamou a Si no passado dia 11 de Outubro, a caminho de Fátima. 

Esta peregrinação tem uma história de mais de 30 anos, tem um método próprio assente no carisma do movimento Comunhão e Libertação e tem dado frutos não só na vida do pai, mas na de tantos peregrinos que a integraram ao longo dos anos. 

Soube pouco tempo depois da morte do pai que era seu desejo poder dar a conhecer a peregrinação na forma de uma exposição e por isso, no ano do centenário das aparições de Fátima, a exposição Peregrinação, parábola da vida poderá ser visitada no Meeting Lisboa no próximo fim-de-semana, de 24 a 26 de Março, no Campo Pequeno. 

O programa do Meeting está recheado de outros encontros, espetáculos e exposições que valem muito a pena, por isso não deixem de consultar o programa aqui.

Estará presente também um ponto de venda das Artes do Mosteiro, onde poderão ver e comprar as peças feitas pelas monjas de Belém retratadas este fim de semana nesta reportagem do DN

Bom Domingo a todos!
Inês Aguiar Pinto Dias da Silva
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Sou mãe de um forcado. E agora?

Suécia persegue parteiras que se negam a praticar abortos

Gomes-Pedro: “A mãe não precisa de descansar e dormir, precisa é de namorar com o seu bebé”