Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2017

“Sou administrador de uma graça muito grande que não é minha”

Imagem
http://www.patriarcado-lisboa.pt
Pedro Tavares 25 anos Batizado na Paróquia de São Sebastião, Peniche
No 7º ano de escolaridade, em 2005, por sua “autorrecriação”, quis fazer uma experiência no pré-seminário. Pedro Tavares era acólito e “não descurava a questão do sacerdócio”. “Pedi autorização aos meus pais, inscrevi-me e fui. E detestei. Era muita oração, muitas Missas e jurei para nunca mais”, conta. A porta da vocação só se voltaria a abrir em 2009, durante um retiro de acólitos da sua paróquia. O então padre que o recebera no pré-seminário, em 2005, padre Filipe Santos, atual diretor adjunto do Pré-Seminário de Lisboa, era o pregador. “Se soubesse que era ele, acho que não tinha ido”, graceja Pedro Tavares. No retiro não foi abordado o assunto da sua vocação; contudo, Pedro deixa-se tocar pela reflexão sobre a parte final do Evangelho de São João, com a pergunta de Jesus a Pedro: ‘Tu amas-me?’. “Estava projetada na parede. Achei que aquela pergunta era para mim. Ali fiz uma experiênc…

O tempo da liberdade

POVO  30.06.17


"A liberdade nunca está mais que uma geração de distância, da extinção.  
Nós não a passamos aos nossos filhos no sangue.  Devemos lutar por ela, protegê-la e transmiti-la,  para que eles façam o mesmo."
Ronald Reagan


Chegadas as férias das crianças, chegou o tempo privilegiado para que possam entender verdadeiramente o que significa 'tempo livre' e, consequentemente o que é a 'liberdade'. 
Para mim, tem sido na relação com os nossos filhos que este entendimento de liberdade mais se tem concretizado. Agora que o tempo deles se libertou, o meu está cativo na sua ocupação. Paradoxalmente, este 'cativeiro' é onde se joga a minha liberdade, porque o empenho, a criatividade, a alegria com que viverei com eles este tempo, será sempre uma decisão.
Talvez, por isso, seja tão difícil confrontarmo-nos com o facto de que sobre a vida dos filhos não decidimos tudo. Tenho seguido com proximidade comovida, a vida do Charlie, tendo no horizonte a vida em algo…

Dear Charlie

Imagem
29 de Junho, 2017
Lisboa, Portugal


Querido Charlie, 
Ainda esta noite, o meu filho de nove anos surpreendeu-me com esta frase: "Mãe, o Pedro está a dormir, não é melhor pôr-lhe a ventilação"? Fiquei surpreendida por esta atenção ao seu irmão doente, que nos ajuda na tarefa de cuidadores, mas também pela normalidade que a ventilação já tem em nossa casa.  
O Pedro tem 4 anos e usa um BiPap sempre que está a dormir. Não é igualzinho ao teu, a este chamam não-intrusivo. O Pedro, como tu já teve um ventilador intrusivo. Aquele que tu tens há 10 meses, o Pedro precisou durante 3 semanas, numa pneumonia muito grave. Foi tempo suficiente para o seu corpo mudar! Aproximou-se, nesse tempo, do corpo que ele teria se a sua respiração fosse normal. No final dessas semanas e depois de duas tentativas, conseguiu respirar autonomamente sem essa ajuda, graças a uma potente intercessão milagrosa e um empenho paciente e generoso da equipa médica. Depois disso o seu corpo voltou rapidamente àque…

Máquinas que mantêm bebé Charlie vivo vão ser desligadas esta sexta-feira

DN     29.06.17

Pais pretendiam levar a criança para casa, mas não foi permitido pelos médicos.
As máquinas que mantêm vivo o bebé Charlie Gard, que sofre de uma doença rara e sem cura, vão ser desligadas esta sexta-feira.
Depois de perderem, no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, a luta para conseguirem levar o seu filho para os EUA, para um tratamento experimental, os pais, Connie Yates e Chris Gard, usaram as redes sociais para dar a notícia e dizerem que estão a passar as "últimas horas" com Charlie. De acordo com o Daily Mail, os pais pretendiam levar Charlie para casa, o que foi negado pelos médicos.
"Prometemos ao nosso pequeno rapaz que o iríamos levar para casa", afirmou Connie. "Queríamos dar-lhe um banho, em casa, colocá-lo num berço onde ele nunca dormiu e vimos isso ser negado. Sabemos em que dia o nosso filho vai morrer e não temos uma palavra no que vai acontecer", acrescentou Chris Gard. No Facebook, os pais confessam estar "de coração pa…

Condecoração da Associação dos Servitas de Nossa Senhora de Fátima

Imagem
O Presidente da República agraciou, no Palácio de Belém, a Associação de Servitas de Nossa Senhora de Fátima como Membro Honorário da Ordem do Mérito.

"A cerimónia de entrega da condecoração teve lugar no Palácio de Belém, no dia 26 de Junho, às 12.00 horas, durante a qual, e em resposta às palavras do Senhor Presidente, tive a oportunidade de afirmar que “ A distinção que Vossa Excelência concede à nossa Associação representa para nós uma responsabilidade e será um estímulo para nos mantermos sempre humildes e fieis à nossa Missão.”  Dado que a Associação dos Servitas é parte integrante do Santuário de Fátima, entende a Direcção que deve dar conhecimento formal do facto ao Senhor Reitor, que fará o que melhor entender com esta informação. Aproveito a oportunidade para reafirmar a disposição da Associação dos Servitas em continuar a servir  com dedicação e humildade os peregrinos de Nossa Senhora, em estrita obediência às directivas do Santuário de Fátima.
Com os melhores cumprim…

VIDEO :: carta aberta de juristas contra a Eutanásia

Imagem

Costa em festa a seguir à tragédia

MARIA JOÃO MARQUES   OBSERVADOR   28.06.17 Todos têm as suas prioridades e já vimos como, por duas vezes, as catástrofes que assolam as regiões que governa vêm, para Costa, uns degraus abaixo da festa socialista de campanha. Desprezível. Começo pelo aviso para a saúde: é conveniente por estes dias evitar ler notícias sobre o PS com comida no estômago. Poderá terminar desenvolvendo uma bulimia. Na segunda feira passada vi, revi e não queria acreditar. Uma semana e dois dias depois de 64 pessoas terem morrido por incompetência e descoordenação absoluta das autoridades e proteção civil, bem como por negligência governativa e falhas de equipamentos, quando há pelo menos doze desaparecidos – aqueles que a ministra Urbano de Sousa diz estarem em ‘paradeiro desconhecido’; calhando, supõe a ministra, viajaram à socapa para a Micronésia e estão divertidos bebericando cocktails num atol paradisíaco -, num momento em que o governo já conhecia a fita do tempo que revelava o caos de dia 17, depois …

Programa 3 + Colégios Fomento

Imagem
O Fundo de Bolsas dos Colégios de Fomento* reforçaram o apoio às famílias numerosas através do Programa 3+, em que as mensalidades a pagar correspondem apenas aos 3 filhos mais velhos, não se pagando a mensalidade a partir do 4º filho.
Em síntese, as famílias irão pagar no máximo as mensalidades de três filhos.
Este programa tornará os Colégios de Fomento ainda mais amigos das famílias. Mais informações emhttp://bolsasfomento.pt/.

*Colégios : Planalto e Mira Rio em Lisboa, Horizonte e Cedros em Gaia

Carta de um pai às educadoras dos seus filhos

Imagem
BERNARDO VALLE DE CASTRO   27.06.17

Excelentíssimas Educadoras dos meus filhos,

Sim, não é um exagero chamar-vos “excelentíssimas”! A vossa actividade é uma actividade de excelência: é A actividade de excelência. E isso torna-vos excelentíssimas.
Nas próximas linhas quero agradecer-vos infinitamente o valiosíssimo trabalho que fazem diariamente. É louvável o ofício, e é notável a forma como o fazem. Ouvem com certeza isto muitas vezes, mas quero garantir que pelo menos também pela nossa “boca” o ouvem.



1. A missão Têm em mãos a maior riqueza que objectivamente existe no mundo: pessoas que entram agora nele. Não existe maior tarefa, mais digna, mais elevada, de tanta responsabilidade, que exija tanto de alguém. Desejo ardentemente que, apesar do cansaço que devem sentir no final do dia de trabalho (e eu só tenho que lidar com os meus!), consigam voltar constantemente àquele desejo, talvez então pouco maturado, que vos fez escolher essa missão, a vossa vocação.

2. Pais: dispensadores de c…

A educação católica deve preocupar-se com os pais

Imagem
http://www.educris.com
«Como é que a Escola Católica responde aos desafios da educação hoje» foi o tema que o padre João Seabra levou ontem, dia 20 de junho, a Fátima, cerca de 44 membros das direções das Escolas Católicas.

O presidente da Associação para a Educação, Cultura e Formação (APECEF), proprietária do Colégio de S. Tomás e administradora do Colégio de S. José do Ramalhão, afirmou aos diretores que uma escola católica o é “porque tem uma preocupação de fundo com os pais”: “A educação de uma escola católica deve ter em atenção o lugar dos pais na atualidade pois a família é fundamento da educação da escola católica. Educar os filhos significa entrar em diálogo profundo com os pais”. Para o responsável de duas escolas católicas o modo como “muitas famílias vivem desprotegidas, desestruturadas e com dificuldades em encontrar tempos para estarem juntas” deve estar no centro de um equilíbrio entre “o instruir e o educar”. Refletindo os desafios que se colocam a uma instituição edu…

Onde raio está uma comissão independente?

JOÃO MIGUEL TAVARES   PÚBLICO   27.06.17
Como a todos toca a culpa, vão imperar os golpes baixos. E quem perde, como sempre, é a pobre verdade a que todos os portugueses têm direito.
Eu explico o que António Costa já devia ter feito, e não fez. Na terça ou na quarta-feira, ele devia ter agarrado no telefone e ligado a António Barreto para lhe dizer o seguinte: “O que aconteceu em Pedrógão Grande foi uma tragédia como não se via há 50 anos. Não pode restar uma pinga de dúvida sobre o que se passou, como se passou e de que forma poderia ter sido evitado. Quero que todas as responsabilidades sejam apuradas até ao fim, e nem o Governo, nem a oposição, nem qualquer uma das forças envolvidas no combate ao fogo está em condições de apresentar um relatório imparcial. O país precisa de uma figura consensual e acima de qualquer suspeita para presidir a uma comissão independente, que no período de 30 dias seja capaz de apresentar as suas conclusões, de forma a que nenhum português bem-intencionad…

Os incêndios do regime

PAULO VARELA GOMES    PÚBLICO   11.08.2005
Vivo no campo ou perto do campo, na região centro, há já alguns anos. Há três Verões que me sento a trabalhar, enquanto a cinza cai de mansinho no meu teclado, em cima dos meus livros, no chão que piso. Não tenho culpa do que é hoje este país e o regime que o representa: militei e votei sempre em partidos que apregoavam querer outro tipo de regime e deixei de militar e de votar quando vi esses partidos tornarem-se tão legitimistas como os outros
O território português que está a arder - que arde há vários anos - não é um território abstracto, caído do céu aos trambolhões: é o território criado pelo regime democrático instalado em Portugal desde as eleições de 1976 (a III República Portuguesa). Está a arder por causa daquilo que o regime fez, por culpa dos responsáveis do regime e dos eleitores que votaram neles.
Ardem, em Portugal, dois tipos de território: em primeiro lugar, a floresta de madeireiro, as grandes manchas arborizadas a pinheiro…

Missa em sufrágio das vítimas de Pedrogão Grande

Imagem
Há uma semana, a paróquia de Alcântara em união com a Junta de Freguesia, organizou uma missa em sufrágio pelas vítimas do incêndio de Pedrogão Grande.  Esta fotografia espelha bem a beleza dessa celebração. 

Em Castanheira de Pêra

Imagem
MARTA CALADO     27.06.17


Viemos de Castanheira de Pêra um bocado tristes pela destruição de vidas (as que já foram e as que ficaram sem nada)  e também da nossa querida natureza. 



Fomos a Vila Facaia e os seus habitantes são um exemplo de por confiarem na providência que a todos nos quer bem, Esperança porque ao estarem vivos não deixam de dar valor à sua própria vida, como dizia a Sra. de 84 anos, preciso de ir a Fátima agradecer ter sido salva, e Caridade porque não se pode não ajudar, o nosso coração é como que agarrado pelo flagelo de há uma semana. 
A prova disso são os bombeiros que já tendo apagado os fogos trabalham incansavelmente ao serviço da comunidade recebendo os voluntários dando lhes alimentação e dormida mesmo com os seus colegas internados em risco de vida. 
Não podemos não estar agarrados ao que aconteceu no nosso Portugal e foi isso que nos levou ir lá... 
Tenho muito mais para contar, por exemplo o trabalho espetacular dos médicos do mundo onde trabalhamos.
Marta …